Quem sou eu?

O meu nome é Joana Duque e não me defino
pelo que faço, mas pelo que sou!

O meu nome é Joana Duque e não me defino pelo que faço, mas pelo que sou!

Sobre mim

Nasci numa família grande, somos 3 irmãos e como filha do meio sempre procurei o melhor dos dois mundos, do mais velho e da mais nova. Integrava-me em qualquer realidade e a minha forma leve de ver o mundo ajudou-me a tornar-me parte dessas realidades.

A alegria e o sorriso sempre foram uma constante e desde muito cedo fui exemplo de dinamismo e proactividade, sendo delegada de turma, responsável de grupos, membro de várias associações.

O lado bom da vida foi sempre a minha procura. Sempre vi a oportunidade de um sorriso, mesmo naqueles momentos em que a lágrima teima a aparecer.

Quando em 2014 me foi diagnosticado um tumor na cabeça, aprendi muito com esse período e costumo dizer que foi o pior e o melhor da minha vida. Essa provação mostrou-me que a vida é maravilhosa e o tempo que temos, por escasso e finito, tem de ser aproveitado e vivido verdadeiramente.

Sobre mim

Nasci numa família grande, somos 3 irmãos e como filha do meio sempre procurei o melhor dos dois mundos, do mais velho e da mais nova. Integrava-me em qualquer realidade e a minha forma leve de ver o mundo ajudou-me a tornar-me parte dessas realidades.

A alegria e o sorriso sempre foram uma constante e desde muito cedo fui exemplo de dinamismo e proactividade, sendo delegada de turma, responsável de grupos, membro de várias associações.

O lado bom da vida foi sempre a minha procura. Sempre vi a oportunidade de um sorriso, mesmo naqueles momentos em que a lágrima teima a aparecer.

Quando em 2014 me foi diagnosticado um tumor na cabeça, aprendi muito com esse período e costumo dizer que foi o pior e o melhor da minha vida. Essa provação mostrou-me que a vida é maravilhosa e o tempo que temos, por escasso e finito, tem de ser aproveitado e vivido verdadeiramente.

Vivo de mãos dadas com a alegria…

Por isso, vivo de mãos dadas com a alegria e, nessa alegria, acho que encontrei uma espécie de fórmula mágica para fazer as coisas acontecerem. Para viver naquela dinâmica descansada, em que o dia se multiplica em tarefas que assumo e desempenho… com naturalidade, com tempo… sempre com alegria.

Na verdade, nunca vi esta capacidade de fazer muitas tarefas, de ter tempo para tudo, de fazer do dia uma sequência natural de tarefas e atividades como uma especialidade ou qualquer coisa de extraordinário, até que fui mãe, do segundo filho. E, de repente, senti o meu tempo diferente. A entrada de mais um elemento na família, trocou-me as voltas e, às tantas, percebi o que me diziam: “o tempo não chega tudo”.

Quando me deparei com este sentimento, pus-me em alerta. Nunca antes sentira que o tempo me fugia das mãos, nunca antes sentira que o tempo estava em falta? Na realidade, dei-me conta de que, até àquele preciso momento, nunca antes me faltara tempo.

O tempo é algo de extraordinário…

Essa consciência levou-me a dar um passo atrás para entender todos os passos que antes dava para nunca me faltar tempo.

Reparei que sempre usei técnicas e estratégicas que nem me davam conta que funcionavam e que eram elas as responsáveis pela elasticidade do meu tempo. Usei-as de forma tão natural que não dera conta que tinha nas mãos algo tão precioso que me ajudava tanto e tanto a fazer da vida algo tão mais leve.

Hoje, sou mãe de três filhos, sou coach, sou médica dentista e concilio todas estas atividades que me apaixonam com tantas outras que me recuso a abdicar. Faço parte de um grupo de teatro, participo ativamente nas atividades escolares dos meus filhos e não vivo sem os meus momentos de lazer com o marido, com os amigos, com a família… enfim com todos aqueles que fazem parte da minha vida… e que são muitos!! E tudo isto, sem aquele lufa-lufa que nos deixa mais mortas do que vivas.

Realmente, o tempo é algo de extraordinário, e não é, definitivamente, cliché, dizer que ele é o nosso bem mais precioso. E podes e deves fazer dele o que é melhor para ti. Porque nunca o tempo nos deve definir. Somos nós que definimos o tempo!

Por isso, conta comigo para te ajudar a ganhar mais tempo. Sim, ganhar tempo e ficar livre da sensação pesada de tarefas por concluir ou eternamente adiadas. Liberta-te da frustração de não teres tempo e abraça a alegria de conquistares o tempo e fazeres dele um amigo e não o inimigo.

You have Successfully Subscribed!

You have Successfully Subscribed!

You have Successfully Subscribed!

You have Successfully Subscribed!